DestaquesNotícias

Resultado é secundário

By 6 de agosto de 2012 janeiro 14th, 2019 2 Comments

“Contrata-se profissional com foco em resultado”. O mercado pede e o mercado obtém exatamente o que pede. Resultado é o efeito, um simples reflexo de determinada causa. Mas espere aí! Se tivermos foco nos resultados e não no que gera esses resultados (a causa), conseguiremos os resultados desejados? Certamente, absurdamente, obviamente que NÃO!

As organizações ainda esperam contratar “O Cara”, o(a) tal profissional com foco em resultados, que vai fazer milagres. Não tem jeito, a situação atual de uma organização é simplesmente um reflexo do empresário e/ou dos gestores. Pode contratar os melhores consultores, os profissionais e sistemas mais caros da galáxia, nada adiantará se o foco não estiver no que gera os verdadeiros resultados. Se você não for a mudança que quer ver ao seu redor, não atingirá tal mudança, tal resultado. Por exemplo, se uma agência de publicidade tem como principal objetivo o lucro/dinheiro, esta por sua vez, deverá vender a sua estrutura para quem tem o foco/paixão por comunicação e utilizar este capital para entrar no mercado financeiro, pois  é lá que está o seu foco. Caso contrário será mais uma empresa frustrada, com uma equipe frustrada e com resultados frustrantes.

Já comentei esta pesquisa em um post passado, mas vale a pena lembrá-la ( http://fazdesign.com.br/o-design-da-vida/ ) de que, as chances de ficar milionário fazendo o que se gosta são 50 vezes maiores de quem trabalha apenas para ganhar dinheiro. Opa! Achamos o que gera os verdadeiros resultados. Quando fazemos algo que temos paixão nosso nível de qualidade é avançado e incomparável, pois sempre queremos chegar à perfeição e nos superar. E o mais louco disto tudo, você é pago para fazer o que gosta, o que lhe deixa feliz.

Chegando nesta consciência, você observa de que é você o seu maior concorrente. Sem uma paixão, causa ou propósito que faça sentido, um profissional ou empresa será só mais um no mercado e aí sim terá concorrentes externos, pois se valoriza comparando com outros e não com o seu potencial. Você que ser um genérico ou único?

Não acredite que “Propaganda é a alma do negócio”, pois basta o negócio ter alma. Portanto, foco na paixão, causa ou propósito, pois os resultados são só conseqüência. Se quer mudar o resultado terá que mudar o foco.

Boa jornada!

Abraços,

Eduardo M. Borba

2 Comments