DestaquesNotícias

Marcas renovadas

By 20 de setembro de 2013 janeiro 10th, 2019 No Comments

O ano de 2013 foi marcado pela renovação de diversas marcas bem estabelecidas no mercado.

As reformulações podem ser apenas ajustes estéticos, seguindo a tendência que abre mão de sombras e efeitos de profundidade, como o caso do Firefox, ou grandes adaptações a novas realidades de mercado, como é o exemplo da Motorola.

Confira a seguir o antes e depois de cada redesign:

AMERICAN AIRLINES

“Mudamos nossa aparência exterior para mostrar nosso crescimento interior”, justificou a American Airlines ao anunciar sua nova identidade visual em fevereiro. O icônico projeto feito por Massimo Vignelli foi aposentado, e o novo é assinado pela Futurebrand NYC. A versão simplificada mantém o patriotismo, resumido à águia estilizada, que lembra uma asa de avião.

BANCO PAN

O Banco Panamericano anunciou a reformulação de sua marca em maio. A instituição passou a se chamar Banco Pan, e seu logotipo, antes verde e amarelo, foi alterado para a cor azul. A mudança faz parte do processo de reestruturação da companhia nos últimos dois anos. A instituição pertencia ao grupo Silvio Santos, e foi vendida para o BTG Pactual.

BILLBOARD

Ainda em janeiro deste ano, a Billboard mudou seu projeto gráfico e anunciou o uso de uma nova simbologia. As mudanças foram sutis: a principal é a adoção de caixa baixa na tipografia, que também ganhou traços mais “grossos”. A versão com cores aparece apenas no site do veículo – na revista, as letras serão unicamente em preto e branco.

BING

“Uma nova identidade visual não acontece da noite para o dia”, afirmou em nota Scott Erickson, diretor sênior de marcas da Microsoft. “Gastamos meses para atualizar o visual do Bing e aproximá-lo do novo visual da Microsoft.”

BRASIL PHARMA

Em abril, foi a vez da Brazil Pharma investir numa alteração de imagem. A rede trocou o Z de sua marca para um mais brasileiro S, e o logotipo da empresa foi trocado. A nova identidade visual foi inspirada, segundo a empresa, no símbolo da rosa dos ventos, escolhido para retratar a abrangência territorial da rede, presente no país inteiro.

BRF

Em janeiro, a Brasil Foods anunciou que a companhia passaria a se chamar somente BRF. Como parte do posicionamento institucional, a empresa também apresentou o novo logo. Segundo a BRF, o símbolo é resultado de um trabalho de dois anos e contou com a consultoria das agências Interbrand e A10.

CHERY

Lutando contra uma crise de diminuição de vendas – e de identidade – a chinesa Chery anunciou uma nova estratégia para a marca em abril. O reposicionamento envolveu um novo logotipo, deixando para trás o que tinha sido usado desde a fundação da empresa, em 1997.

DAKO

A fabricante de eletrodomésticos Dako decidiu mudar a sua marca em março. Desenvolvido pela equipe de marketing da empresa, em parceria com a Agência Deep, o logotipo mudou de cor – do vermelho para o roxo – e traz agora um sorriso. Segundo a companhia, a nova identidade visual busca deixar a marca mais jovem e próxima da nova geração de consumidoras.

DURATEX

O Grupo Duratex mudou em fevereiro sua identidade visual caracterizada há décadas por um rinoceronte em fundo verde. O animal saiu de cena para dar lugar a um ícone que lembra uma gota ou folha, na tentativa de reforçar o compromisso da companhia com a sustentabilidade. A assinatura é da Futurebrand.

FACEBOOK

Em abril, sem alarde, a rede social de Mark Zuckerberg alterou a identidade visual de todos os ícones internos pela primeira vez em anos. O símbolo ficou mais limpo e perdeu a faixa azul clara que aparecia na base da caixa. A letra F agora chega até a margem do logo.

FIREFOX

Lançada em agosto, a versão 23 do Firefox marcou a estreia de um novo logotipo, que suavizou os efeitos 3D e deu uma imagem mais “clean” à raposa e ao globo terrestre que representam o navegador. O excesso de detalhes foi removido para dar mais clareza tanto em telas de menor resolução quanto em dispositivos como Smart TVs, explicou a Mozilla em seu blog.

HOOTERS

A rede de fast food repaginou pela primeira vez o tradicional logo da coruja como parte das comemorações pelos seus 30 anos. A partir de agosto, os uniformes das suas famosas garçonetes, conhecidas por seus atributos físicos, receberam uma versão modernizada do símbolo.

INSTAGRAM

Em março, a Instagram deixou para trás a tipografia vintage e investu num logotipo mais “atemporal”. O conceito foi explicado pelo designer Mackey Saturday, responsável pela reforma, em seu portfolio online: “A meta era ter um estilo mais refinado e duradouro, sem abandonar a nostalgia”.

LIVESTRONG

Sem surpresas, a fundação Livestrong protagonizou uma manobra para afastar-se mais e mais do seu fundador Lance Armstrong, ciclista envolvido num escândalo de doping. O novo logotipo, revelado em março, sumiu com o nome do atleta para focar unicamente na entidade, que atua na luta contra o câncer.

MOTOROLA

Em junho, a Motorola decretou o fim do “Hello Moto” e matou o logo antigo da companhia. No redesign, o símbolo com o M abandonou o vermelho e preto e passou a mostrar um espectro de várias cores. Não foi à toa: agora, a Motorola é uma empresa do também colorido Google, e fez questão de incluir isso em sua simbologia.

NIVEA

Ainda em janeiro, a marca de cosméticos promoveu um redesign global, alterando sua identidade visual e unificando as embalagens. A tradicional latinha azul, criada em 1924, serviu de inspiração para a agência Fuseproject reunificar a identidade visual da marca.

P&G

A gigante de higiene pessoal abandonou o visual unicamente tipográfico e resgatou uma simbologia antiga – a lua crescente, que fez parte de seu primeiro logo, em 1850. Desde maio, o novo visual começou a ser incorporado. A assinatura do redesign é do estúdio multinacional Landor.

VOLKSWAGEN

A Volkswagen renovou mundialmente sua marca em março. Desenvolvida pela equipe de Corporate Design da Volkswagen na Alemanha, a nova identidade tem como principais destaques os traços hiper-realistas, que realçam a tridimensionalidade em relação ao logo anterior, e o efeito cromado.

YAHOO

Após muita expectativa e até uma contagem regressiva global que criou 30 diferentes identidades visuais durante 30 dias, a reformulação do Yahoo falhou em impressionar. Como prometido, a cor roxa e o ponto de exclamação continuam. As reações iniciais, negativas, lamentaram a falta de ousadia nessa primeira mudança no visual após 18 anos.

YOUTUBE

Em agosto, updates de aplicativos para Android e iOS reveleram um ícone mais clean para o YouTube. Branco e vermelho, o novo logotipo abandonou a tipografia preta. A versão atualizada apareceu ainda nos perfis oficiais da plataforma de vídeos nas redes sociais, que no entanto não abandonou completamente a simbologia antiga.

GOOGLE


Mais recentemente, o Google divulgou sua nova marca, que nada mais é que a antiga sem os efeitos 3D, seguindo a tendência flat. Ela surge com o redesign de outras marcas da empresa, como o Youtube.

 

 

Fonte: Mirela Portugal | Exame.com