DestaquesNotícias

Finanças no Design

By 11 de maio de 2011 No Comments

 

Temos que ser criativos e inovadores não só em projetos, mas nas finanças também. Existem apenas dois caminhos para se aumentar a margem de lucro de um projeto, salário ou empresa, que é aumentar a receita/remuneração ou gastar menos. Se for um profissional ou empresa que tem hábitos como a maioria, para resolver um desequilíbrio financeiro, é mais viável decidir pelos cortes de despesas do que o aumento das receitas. Aumentar a remuneração ou os lucros não é algo que se consegue fazer unicamente por força de nossa própria vontade. Já o corte nas despesas se tem certo controle, além de o resultado ser a curto prazo. Temos que nos acostumar com esta expressão “a curto prazo”, pois é o que todos querem e precisam, seja em projetos, seja no aumento de receitas ou corte de despesas.

Sua situação financeira atual é em grande parte resultado das decisões que tomou no passado. Criar e manter o hábito de mensurar todos os grupos de despesa e receita é fundamental para administrar de forma adequada. Ter registros de entradas e saídas dos recursos financeiros é o primeiro passo para uma vida financeira saudável.

É aconselhável a busca pela capacitação neste tema, mesmo porque este conhecimento contribuirá para a prosperidade dos projetos, além de entender o lado de quem investe nesta alternativa de inovação chamada design.

Abraços,

Eduardo M. Borba